É, o Murphy me odeia…

Quem lê meu blog sabe que passei quase o último ano todo em Mammoth Lakes, na Califórnia. É um pouco contraditório dizer que Mammoth é meu lar longe do lar (como se diz em inglês “Home away from home”) porque ela é uma cidade bem pequena se comparada com São Paulo e na maior parte do ano é fria e está coberta de neve. Mas Mammoth é uma cidade linda, cheia de coisas para se fazer e absolutamente não se resume só à uma cidade de temporada. A vida lá é tranquila, divertida e pode ser muito saudável, só depende da pessoa.

IMG_2730

Esse final de semana passado foi feriado de Martin Luther King nos Estados Unidos e eu resolvi passar o feriado lá e visitar meus amigos. Saí do trabalho mais tarde do que eu queria, por volta das 17h. São mais ou menos umas 5 horas de viagem de carro até Mammoth (mas também têm vôos disponíveis, baratos e rápidos!) e fomos só eu e o Vibe, o Vibe e eu (ps: o Vibe é o meu carritcho rs).

Claro, peguei aquele trânsito pra sair de Los Angeles, tipo feriadão em São Paulo, quando a cidade toda vai pro litoral. Essa foi minha primeira viagem com o Vibe, porque comprei ele há pouquíssimo tempo. Pegando a rodovia era aquele acelera e freia, acelera bem e do nada freia. De repente começo a sentir um cheio de queimado no carro e já fiquei preocupada. Perguntei pra um rapaz se havia algum mecânico por perto pra dar uma olhada e ele disse que deviam estar todos fechados e ele daria uma olhada. Checou o óleo, o fluído da transmissão e disse que estavam bem baixos. Me recomendou ir direto pra loja comprar óleo e fluído senão eu ía acabar com meu motor! Fui! Comprei as coisas com a ajuda de um senhor que trabalhava lá (porque eu sozinha não fazia idéia de quanto ou o quê eu precisava). Fui para o estacionamento colocar o óleo e ao me ver com cara de perdida um outro rapaz da loja resolveu me ajudar. Quando checou o óleo, ele disse que estava cheio e que tinha sido colocado recentemente. Então resolvi ver se tinha mesmo algum mecânico aberto na cidade. Já era mais ou menos umas 20h e eles estavam quase fechando.

Achei um ainda aberto e fizeram um check up no meu carro. Pra minha surpresa, não encontraram nada de errado com ele. Achamos que o problema podia ter sido o acelera e pára da rodovia. Agora estava tudo certo e o Vibe estava seguro pra continuar a viagem.

Passada mais ou menos uma hora, eu senti que o carro começou a ficar meio tremulo logo depois que eu passei por cima de uma coisa que acho que foi um buraco. Parei o carro pra dar uma olhada e quando vi, minha roda da frente estava furada e completamente vazia. Pro meu desespero, eu estava no meio do deserto e não tinha sinal pra ligar pro AAA, empresa que faz serviço de reboco. Como o carro é novo, quando comprei, eu e o vendedor olhamos no porta malas e não vimos um step, então nessa situação, obviamente veio o desespero!

Deixei o carro no acostamento e comecei a andar com a mão pra cima pedindo carona. Como estava bem escuro e os carros passam muito rápido, acho que ninguém me via. Continuei andando até que um casal parou para me ajudar. Voltamos até onde o carro estava parado e tentamos de novo ligar para o AAA. Depois de alguns minutos um policial rodoviário também parou pra ver o que estava acontecendo. Para minha sorte eles perguntaram de novo se o carro não tinha um step e fomos olhar. Ao abrir o porta malas nós achamos de novo que realmente não tinha nada. Então o policial levantou um terceiro compartimento e encontramos o bendito step!!IMG_2929

Eles trocaram a roda pra mim e fui com o step (bem pequeno) até Mammoth, parando toda hora pra ver como a roda estava. Que nervoso! Acabei demorando 10 horas pra fazer o percurso que normalmente se faz em 5 horas! Mas cheguei, e cheguei bem, é isso que importa. Os perrengues fazem parte mesmo da aventura.

O restante do final de semana foi ótimo! Apesar de estar sendo um inverno seco, quase sem neve em Mammoth, a estação têm feito sua própria neve e as condições estão muito melhores do que eu imaginava! Eu geralmente faço snowboard, mas dessa vez resolvi esquiar. Foi muito divertido! Estava rolando também o Grand Prix para classificar os atletas americanos para as olimpíadas de inverno. É impressionante ver o que eles fazem! Consegui ver o Shawn White na half pipe, dando vários giros no ar. Nem preciso dizer que ele se qualificou né. Coloquei a foto aqui, mas ele está bem pequenininho rs. Desculpem!

Logo mais eu faço um post aqui exclusivamente sobre Mammoth, com dicas do que fazer e pra onde ir.

Beijo tchau!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s